Aposentado desde 2018, craque relembra jogo pela Libertadores de 2015 e brinca sobre ter abortado contra-ataque para driblar adversário.

Em tempos em que os jogadores são cobrados para serem os mais objetivos possíveis, o craque Falcão mostrou que nem sempre a vontade de quem está jogando é essa. Através de uma rede social, ex-jogador relembrou um jogo pela Libertadores de 2015 em que prefere dar um drible do que dar andamento ao contra-ataque.

A partida em questão é o duelo entre Sorocaba e Villa la Ñata, da Argentina, vencido pelo time paulista por 6 a 4, Falcão usou a abusou do repertório de dribles. Em uma das jogadas, preferiu o chapéu no adversário, que vinha da quadra de ataque, em vez de servir um companheiro que ficaria em boas condições de marcar o gol.

– Sim, troquei um ataque por um chapéu 🎩, não me julguem por isso 🤕 #Libertadoresfutsal2015 – disse Falcão na postagem.

O Sorocaba foi campeão da Libertadores naquela temporada e se credenciou para disputar o Mundial de Clubes, competição em que é o atual tricampeão.

Falcão relembra chapéu em adversário na Libertadores de futsal em 2015 — Foto: Reprodução/Instagram
https://www.instagram.com/p/B_QECwhhpD-/

Fonte: Globo.com