O meia foi titular nas duas primeiras rodadas do Campeonato Pernambucano. Contra o Central, ele mostrou habilidade e aplicou uma linda lambreta no marcador.

Neste início de Campeonato Pernambucano, um nome tem chamado a atenção nas escalações do Salgueiro. Recém-promovido do time sub-20, o meia-atacante Bruce ganhou oportunidades com o técnico Daniel Neri. Titular contra Afogados e Central, o garoto de 19 anos vem superando desafios para realizar o sonho de ser jogador profissional.

Bruce, meia-atacante do Salgueiro — Foto: Divulgação /SAC

Nascido no município de Oeiras, no Piauí, Bruce começou a jogar bola aos 7 anos, nos campinhos de terra de sua cidade natal. Com incentivo do professor da escolinha de futebol que frequentava, o menino decidiu seguir. Aos 12, fez teste no São Paulo, mas não passou. Um ano depois, foi aprovado na base do Fluminense. A passagem pelo tricolor carioca durou dois anos.

– Foi lá onde tive minha base – conta Bruce, revelando que, devido a problemas, como a morte do pai, acabou sendo dispensado.

Quando saiu do Fluminense, Bruce teve a chance de recomeçar no futebol. Tratado como joia, foi contratado pelo Salgueiro em 2016. Só que a trajetória do meia não foi fácil. As lesões atrapalharam o desenvolvimento do jogador.

– Aos 16 anos eu pude assinar meu primeiro contrato profissional com o clube. Já treinando com os profissionais em 2017, infelizmente, me machuquei no começo da temporada, passando seis meses fora de campo. Depois voltei com o sub 20, joguei alguns jogos não tão bem, consegui de novo voltar a treinar com os profissionais; mas não fui muito longe, machuquei o joelho e passei por cirurgia, passando tempos fora de campo novamente – diz.

Quando estava voltando com o sub-20, machuquei novamente, mas recuperei. Hoje, graças a Deus, estou podendo estar entre os profissionais

Recuperado e podendo jogar, Bruce diz que ficou surpreso quando foi escalado entres os titulares na estreia contra o Afogados, quando o Carcará perdeu de virada, por 2 a 1.

– Fiquei surpreso quando fui pra primeira partida de titular, não esperava. Está sendo bom. É o sonho da maioria dos garotos jogar futebol profissionalmente, então agora é continuar e melhorar mais ainda.

Bruce, do Salgueiro, dá linda lambreta no defensor do Central

No empate contra o Central, na última rodada, o camisa 11 demonstrou habilidade, aplicando uma lambreta no marcador. Segundo Bruce, o lance, eternizado no futsal pelo craque Falcão, é um recurso que ele gosta de utilizar desde garoto.

– A lambreta é desde de menor, sempre tive o recurso de aplicar ela na linha de fundo quando vejo que a marcação está bem compacta.

Fã de Neymar, o jogador do Salgueiro planeja continuar ajudando o time no Pernambucano e crescer ainda mais no futebol.

– Meus planos é sempre buscar evoluir, chegar longe com o salgueiro no Pernambuco, fazer bons jogos e, quem sabe, um dia jogar na Europa, que é o meu maior sonho – afirma.

próximo jogo do Salgueiro de Bruce no Pernambucano está marcado para sábado, às 20h, no estádio Cornélio de Barros, contra o Petrolina.

Fonte: Globo.com