Craque das quadras lembra conversa com o ex-camisa 10 da Seleção no último episódio da série, que vai ao ar no Esporte Espetacular deste domingo. Genialidade de Marta também será contada.

 

 

 

Foto: Reprodução

 

 

No futebol, Pelé é sinônimo de unanimidade. E o que dizer de Falcão e o futsal? Se depender do Rei do Futebol, o craque das quadras tem o mesmo status. É o que o próprio Falcão conta no último episódio da série Canhotas, que o Esporte Espetacular exibe neste domingo.

 

 

– Essa comparação com o Pelé nunca foi minha. Eu abracei isso quando escutei do próprio Pelé em 2011, quando nós nos encontramos para um evento, e ele falou: “Para mim, você é o Pelé do futsal.” Ele falou isso para mim, eu e ele olhando nos meus olhos. Aí foi quando eu falei para ele: “Pelé, eu escuto tanto isso, e é sempre complicado comparar contigo. Mas ouvindo de você, a partir de agora eu vou aceitar esse posto.”

 

 

Bicampeão mundial pelo Brasil (2008 e 2012), Falcão encerrou a carreira em dezembro de 2018, aos 41 anos. Com orgulho, o craque exibe o número 12 (eternizado em sua camisa na Seleção) tatuado na perna esquerda – chamada, por ele, carinhosamente de “Falcãozinha”:

 

 

– Fiz mais de 3.000 gols. Pelo menos 95% foram com a canhota – disse o ídolo.

 

 

Camisa 10 da seleção brasileira feminina e eleita a melhor jogadora do ano seis vezes pela Fifa (2006, 2007, 2008, 2009e 2018), Marta é a outra personagem retratada no último episódio da série, que destaca a genialidade. Os outros craques do futebol brasileiro que protagonizaram o Canhotas foram Rivellino e Djalminha (criatividade), Gérson e Éder (precisão), Denilson e Edu (dribles) e Roberto Carlos e Pepe (força).

 

 

 

 

Fonte: Globo.com