Com vários garotos em quadra, seleção brasileira triunfa por 3 a 1 na segunda convocação do técnico Marquinhos Xavier; equipes voltam a se enfrentar no domingo, em Cuiabá

Com a molecada em quadra e sob a liderança de Falcão, a seleção brasileira de futsal bateu a Costa Rica por 3 a 1 em amistoso disputado em Campo Verde, no Mato Grosso. Os gols do Brasil foram marcados por Douglas, o próprio Falcão e João, na segunda etapa. Ballestero descontou para os costarriquenhos. O Brasil volta a enfrentar a seleção da Costa Rica no domingo, dia 19, desta vez em Cuiabá, a partir das 14h, no Ginásio da UFMT, com transmissão ao vivo do SporTV.

Esta foi a segunda convocação do técnico Marquinhos Xavier. Ele assumiu a seleção brasileira visando formar um time competitivo para a Copa do Mundo de 2020. No primeiro teste, venceu dois amistosos diante do Uruguai e conquistou o Zonal Norte da Liga Sul-Americana, competição que ainda contou com a participação da seleção Sub-19.

Douglas fez 1 a 0 para o Brasil após bobeira da defesa costarriquenha e a roubada de bola de Nenê, que só rolou para o companheiro escorar, aos cinco minutos. Aos 11, dentro da área, Nenê finalizou de forma estranha e Santamaria fez bela defesa para a Costa Rica. No ataque seguinte, porém, Falcão recebeu de Keké e de primeira, dentro da área, bateu no canto: 2 a 0. Antes do fim da primeira etapa, quem errou a saída de bola foi o Brasil com Marcel, e Ballestero bateu cruzado de canhota para diminuir.

Na segunda etapa, as defesas levaram a melhor sobre os ataques e o Brasil sofreu com a faltas da Costa Rica. Em uma delas, inclusive, Falcão levou um carrinho por trás e reclamou muito. A forte pegada rival custou caro na reta final. Faltando um minuto para o fim do duelo e com o limite de faltas estourado, João foi para o tiro livre e marcou o terceiro gol do Brasil, fechando o duelo em 3 a 1.

17